Apresentação

Blog oficial de Carlos Eduardo, onde podemos encontrar toda a produção textual deste, ainda desconhecido mas muito talentoso, escritor da nossa literatura pós-moderna.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Dragonball Evolution

No último feriado, oriundo da Semana Santa, tive a oportunidade de poder conferir a estréia da adaptação para as telonas do desenho Dragonball. De fato, muito se esperava pela produção, assinada pela Fox Films e baseado nos quadrinhos criados por Akira Toriyama. O filme não deixa a desejar, mas confesso que, pela expectativa que se foi feita, merecia alguns minutos a mais de duração, o filme tem mais ou menos 1 hora e meia, e o enredo é o início do história com Goku e seu avô Gohan, e foca mais em diálogos entre os personagens do que na própria luta que Goku e seus amigos travam contra Piccolo, que tenta retomar as sete esferas do Dragão.

Sinopse.
A questão de Goku começa de forma inocente, no quintal da casa de seu avô Gohan, que treina o jovem em movimentos exóticos das artes marciais. É o aniversário de 18 anos de Goku, e Gohan presenteia o neto com uma esfera do dragão, uma bola pequena com a superfície macia e perolada, porém translúcida e leitosa, de modo a ter profundidade. Quatro estrelas flutuam dentro da bola. Só existem no mundo outras seis iguais a ela, e sabe-se que as sete esferas do dragão juntas garantem a quem as possuir a realização perfeita de um desejo.
O próprio passado de Goku é um mistério ligado à lenda das esferas do dragão, pois ele nunca conheceu seus pais, assim como o eclipse solar por vir, com a superstição da proximidade do apocalipse. Gohan promete revelar tudo a Goku no jantar especial que ele prepara para o neto.

Acontece que Goku escapole da festa de Gohan para ir à de Chi Chi, sua colega de escola, em quem Goku está interessado. Enquanto os adolescentes se encontram, uma tragédia ocorre em casa, provocada pela chegada de uma força das sombras chamada Piccolo, o que leva Goku, Kame, Bulma, Yamcha e Chi Chi a uma corrida para reunir as sete esferas do dragão. As dificuldades não poderiam ser maiores. Goku se defronta com os mais mortais inimigos, enfrenta uma força chamada Ki, ordenadora das forças do universo, e fica sabendo a verdade sobre seu incrível passado... e seu impensável futuro.
Do site CinePop, adaptação minha.


Crítica.
Esperava mais do filme, principalmente nas cenas de luta travadas entre Goku e Piccolo. Na batalha final, os amigos de Goku saem de cena de forma inesperada e Goku não consegue vencer Piccolo unindo as sete esferas do dragão, ele o vence com o famoso Kame Hame Ha. O que faz com que Piccolo não seja derrotado por inteiro, no final do filme, após uma pequena ficha técnica, aparece, em uma cena extra Piccolo em uma cama se recuperando, o que é bom, visto que teremos uma segunda parte (a Fox anunciou que deseja uma trilogia, dependerá da aceitação deste). Basta torcermos para esta seja mais trabalhada na questão de enredo e nas cenas de batalhas. Acho que o orçamento (100 milhões de dólares) não foi capaz para que tivesse sido produzido um filme melhor.


Ficha Técnica:
Elenco: Justin Chatwin (Goku), James Marters (Piccolo), Jamie Chung (Chi Chi), Emmy Rossum (Bulma), Eriko Tamura (Mai), Randall Duk Kim (Gohan),Chow Yun-Fat (Mestre Kame) e Joon Park (Yamcha).
Direção: James Wong.
Gênero: Ação/Aventura.
Duração: 89 min.
Distribuidora: Fox Film.

5 comentários:

  1. carlitos saldo da leitura. Um filme que eu não queria ver, vc me fez querer menos ainda...Parabéns a resenha eh ótima, para um filme medíocre (q td mundo sabe q quer dizer médio).

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, uma crítica muito bem escrita, como todos os seus textos!
    Bom, é o máximo que eu posso dizer, já que nem sabia que existia a adaptação do Dragonball e nunca assisti um episódio do desenho na vida! hehehe...
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  3. Sacanagem um filme desses com os fãs, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!
    Quero só ver quando ter um dos Cavaleiros do Zodiáco, kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. O filme teve pouca divulgação....será que sai o próximo!?

    Bjos...

    ResponderExcluir